quinta-feira, 8 de outubro de 2015

América 1 x 0 Macaé

 O América teve menos posse de bola, poucas finalizações certas e João Ricardo fez defesas salvadoras, mas “goleou” o Macaé por 1 a 0, conquistou mais três pontos e a terceira colocação no Brasileiro. A arrancada do Leandro Guerreiro, nos acréscimos do segundo tempo, representou o espírito competitivo do time americano. Aliás, Guerreiro foi o que mais desarmou e acertou passes. Toscano jogou na função de meia, a fim de colaborar na marcação e articulação das jogadas. Mancini, que praticamente atuou mais de centroavante que armador, cabeceou uma bola na trave, porém foi pouco produtivo. Xavier, Guerreiro, Toscano e Richarlison foram os mais participativos no setor ofensivo. Felipe Amorim ou Bruno Sávio deveria ter entrado no lugar do Mancini para formar dupla de ataque com Richarlison, acelerar o ritmo do jogo e aumentar a força ofensiva.  

Nenhum comentário: