domingo, 12 de novembro de 2017

Figueirense 1 x 2 América-MG

A regularidade americana predominou no campeonato de resistência do Brasileirão.

O poder do futebol coletivo, competitivo e combativo do time americano foi recompensado com a confirmação antecipada do acesso para a primeira divisão e a liderança da Série B.

A definição do modelo de jogo planejado pelo Enderson Moreira foi absorvida pela equipe.

Na maioria dos jogos, prevaleceu a organização tática, a consistência defensiva e a pretensão ofensiva.

Embora cada partida seja decisiva no campeonato de pontos corridos, o jogo contra o Figueirense será o representante da conquista do acesso, por isto o resultado da campanha reflete o desempenho neste confronto e deve ser bastante valorizado.

Parabéns para todos os envolvidos pela conquista do primeiro objetivo.

A próxima meta será vencer o próximo jogo, contra o Juventude, terça-feira, na Arena do Coelhão, e ficar mais próximo da conquista do título.

O Coelhão voltou. Está se acostumando a ficar menos tempo sem disputar a Série A.

Figueirense:
Saulo;
Dudu, Ferreira (Henrique Trevisan), Naylhor e João Lucas;
Zé Antônio, Dudu Vieira, Marco Antônio (Joãozinho);
Renan Mota, Jorge Henrique, André Luís (Henan)
Técnico: Milton Cruz

América:
João Ricardo;
Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni;
Juninho, Ernandes;
Felipe Amorim (Rubens), Renan Oliveira (Zé Ricardo) e Magrão;
Bill (Edno)
Técnico: Enderson Moreira

GOLS: Rafael Lima, Jorge Henrique e Giovanni

-------------------------------------------------------------

Marco Antônio




Nenhum comentário: